Tratamentos
e exames

Biometria e/IOL máster

É nova fórmula "Haigis Suite" que permite o cálculo das lentes intraoculares “premium”, inclusive as multifocais e tóricas.

Veja mais

Microscopia especular

Indispensável nos estudos das doenças das córnea, e na avaliação pré e pós-operatória ocular. O aparelho mede a qualidade e quantidade das células da córnea.

Veja mais

Refração ocular computadorizada

A escolha dos graus dos óculos podem ser feitas manualmente ou artificialmente (com os refratores tipo "green"), e com os refratores automatizados computadorizados, chamados auto-refratores, e aperfeiçoadas pela técnica da aberrometria. Atualmente utilizam-se os topógrafos e aberrômetros computadorizados de terceira geração, e a precisão da refração é praticamente absoluta

Veja mais

Angiofluoresceínografia e Retinografia

O olho humano tem uma estrutura que permite a entrada (e também a saída) da luz até sua parte mais posterior ou profunda, a retina. A retina pode ser comparada ao filme de uma máquina fotográfica. Todo o funcionamento do olho tem o objetivo de fazer com que a luz e as imagens entrem no seu interior e impressionem o nosso “filme”. Diferentemente das outras estruturas intra-oculares, a retina é um tecido muito delgado e frágil entremeado por muitos vasos sanguíneos. A angiofluoresceínografia tem por objetivo estudar a dinâmica do sangue e fluidos dentro desta estrutura ocular tão delicada. O estudo é realizado através da injeção de um contraste (uma espécie de corante) dentro da circulação. Este contraste preenche os vasos dentro do olho que podem então ser fotografados. Obtemos desta forma uma seqüência de fotografias que demonstram a dinâmica dos fluidos oculares retinianos e nos permitem identificar patologias muito comuns como o Diabetes, a Hipertensão, e as patologias do nervo óptico.

Veja mais

Cirurgia da retina

A retina humana pode ser danificada em várias situações, como traumas oculares, doenças crônicas como diabetes e descolamentos da retina. 
A cirurgia retiniana é das mais delicadas em nossa especialidade. 
A avaliação da patologia e da sua correção através da cirurgia deve ser feita pelo retinólogo, o médico oftalmologista habituado a manejar estes tipos de procedimento.
Veja mais

Cirurgia do glaucoma

Apesar de contarmos hoje com diversos medicamentos capazes de reduzir a pressão intra-ocular, a cirurgia do glaucoma é indicada em casos de pouca adesão ao tratamento, glaucomas congênitos (da infância), ou insucesso do tratamento convencional farmacológico. Existem técnicas distintas de cirurgia para cada caso. Os glaucomas infantis devem ser tratados cirurgicamente o mais rápido possível. Os outros tipos de glaucoma devem receber um tratamento mais conservador e um planejamento cirúrgico cuidadoso. A cirurgia mais realizada para este tipo de patologia é a trabeculectomia, além dos implantes valvulares.
Uma cirurgia de glaucoma é muitas vezes seguida de tratamento farmacológico convencional a fim de reduzir a pressão intra-ocular a níveis aceitáveis.
Veja mais

Cirurgia do estrabismo

O estrabismo pode ser corrigido através do uso de lentes, exercícios ortópticos e cirurgicamente. O tipo de tratamento depende do tipo e da idade do paciente. A cirurgia do estrabismo baseia-se na modificação do estrabismo e posição dos músculos oculares que movem o olho em todas as direções. Ao todo são 6 músculos em cada olho que trabalham em conjunto para alinhar o olhar na mesma direção.

Veja mais

Transplante de córnea

A córnea é a parte mais anterior do globo ocular. É transparente, sendo possível  ver através dela a íris (o colorido dos olhos). Sua forma é semelhante a de uma lente de contato. Algumas patologias deformam a córnea ou a tornam opacas, sendo indicada sua substituição por outra de maior transparência e forma mais regular a fim de restaurar a visão do paciente. O transplante de córnea é um dos procedimentos cirúrgicos mais gratificantes dentro da oftalmologia. As técnicas de transplante corneano são bem conhecidas. A relativa dificuldade do procedimento se deve mais à correta indicação e disponibilidade de uma córnea doadora ideal para o paciente receptor. Quando a conjunção dos dois é adequada os resultados são extremamente satisfatórios tanto para o cirurgião quanto para o paciente.

Veja mais

Cirurgia de Catarata

A catarata é definida como a opacidade da lente natural do olho. Geralmente aumenta de maneira progressiva e seu primeiro sintoma é a diminuição da acuidade visual. Hoje, a cirurgia é feita de forma personalizada, conforme o perfil clínico e os hábitos de cada paciente. O procedimento consiste na utilização de um aparelho de ultrassom que dissolve e aspira o cristalino para que, em seu lugar, possa ser implantada uma lente intraocular que será permanente, o que torna a escolha da lente um fator de grande importância. Hoje os passos iniciais da cirurgia também podem ser feitos por laser, mas o ultrassom é indispensável.

Veja mais

Cirurgia do grau com Excimer Laser

Um dos últimos avanços da cirurgia oftalmológica é a cirurgia para correção de miopia, astigmatismo e hipermetropia com Excimer Laser. Este tipo de procedimento tornou-se, nos últimos anos, o padrão quando se pensa em cirurgia refletiva. O Excimer Laser muda de forma extremamente precisa a curvatura anterior da córnea a fim de corrigir o defeito desejado e obter a melhor visão sem correção óptica (lentes). É uma cirurgia muito simples e  rápida para o paciente. Para o cirurgião é a execução de um planejamento minucioso de forma bastante complexa. A cirurgia refrativa é um procedimento embasado na união de alta tecnologia com o conhecimento médico. Podemos diminuir ou eliminar a necessidade do uso de correção óptica na maioria dos casos. Hoje se pratica diferentes técnicas de cirurgias com Excimer Laser, sendo Cada uma delas indicada para um tipo de problema. Em resumo, a avaliação é extremamente pessoal individualizada. O planejamento, execução e acompanhamento da cirurgia deve ser conduzido pelo profissional familiarizado com as técnicas envolvidas.

Veja mais

Nd:YAG-LASER

O Nd:YAG-LASER é um tipo de LASER muito recente utilizado nas patologias do segmento anterior do olho. Atua, diferentemente do Duble-YAG LASER, dissolvendo o tecido alvo e não o queimando. Este LASER é utilizado secundariamente à cirurgia da catarata com a finalidade de abrir uma abertura na membrana que se localiza atrás da lente intra-ocular implantada. É a chamada capsulotomia, procedimento que antes do advento deste aparelho era realizado mecanicamente com um instrumento introduzido no olho. Outra finalidade do Nd:YAG-LASER é a abertura de um pequeno orifício na Íris, a parte colorida do olho, impedindo e tratando assim o glaucoma agudo, patologia que faz com que a pressão intra-ocular suba rapidamente, causando muita dor e perda da visão.

Veja mais

Excimer Laser

O Excimer Laser é uma radiação luminosa especial que possibilita fazer um micropolimento da superfície da córnea. Este procedimento é feito através de cálculos computadorizados que resultam em correções das várias ametropias (miopia, astigmatismo, hipermetropia), e também na remoção de cicatrizes superficiais da córnea. O procedimento é relativamente rápido, sob microscópio cirúrgico, dispensando necessidade de internação. A anestesia é tópica, isto é, só com uso de colírio. O tempo cirúrgico da aplicação do laser é de aproximadamente 1minuto, conforme o tamanho da ametropia (grau).

Veja mais

Campimetria computadorizada

A visão do ser humano é composta de dois tipos: a visão central e a periférica. A visão central nos permite ler, escrever, observar detalhes e cores com nitidez, já a visão periférica nos permite perceber o mundo ao nosso redor, uma pessoa aproximando-se, um carro ao nosso lado e compõe, com a visão central, a nossa percepção do espaço a nossa volta. Algumas patologias como o glaucoma e certas doenças neurológicas prejudicam o campo visual, limitando-o de forma perceptível ou não. O exame do campo visual é realizado com o perímetro, equipamento que analisa automaticamente e com muita sensibilidade, ambos os tipos de visão: a central e a periférica. Desta forma podemos diagnosticar alterações muito sutis na visão.

Veja mais

Topografia corneana computadorizada

O olho humano tem uma arquitetura muito particular. Inspirado nesta arquitetura existem utensílios mecânicos como a máquina fotográfica a as câmeras de vídeo. A estrutura mais anterior do olho humano é a córnea, um tecido transparente, de forma semelhante ao vidro de um relógio, que permite a entrada da luz no interior do olho. Através dela podemos enxergar outras estruturas internas do olho como a íris (o colorido dos olhos). Algumas patologias corneanas como o ceratocone e o astigmatismo, alteram o formato e/ou a transparência da córnea, impedindo a correta entrada da luz, ou seja, das imagens, para dentro do olho. O topógrafo corneano é um instrumento automatizado que permite a fotografia, análise e confecção de um gráfico colorido representando qualquer possível anormalidade no formato da córnea.

Veja mais

Ultra-sonografia (Ecografia)

O ultra-som é definido como um som de freqüência muito alta, imperceptível ao ouvido humano. Como tal tem certas características físicas como a refletividade. Quando emitimos algum som alto em direção a algum obstáculo, o mesmo reflete o som emitido na direção da fonte, é o eco. Utilizando esta característica dos sons, podemos utilizar o ultra-som para gerar uma imagem das estruturas oculares. A ultra-sonografia ou ecografia é um método simples e não invasivo (sem a necessidade de se introduzir substâncias ou instrumentos na estrutura estudada) que nos fornece muitas informações sobre as estruturas do olho.

Veja mais

Eco-biometria

A ecobiometria é utilizada para avaliação pré-operatoria nos pacientes com catarata para a correta escolha da lente intra-ocular a ser implantada no olho durante a cirurgia. Utiliza o mesmo principio da Ultra-sonografia, de forma mais simples e realiza cálculos complexos para obter o resultado final.

Veja mais

Paquimetria

A paquimetria é a medida da espessura da córnea. A córnea saudável tem uma transparência e uma espessura ideais. Alterações da espessura corneana estão relacionadas também a perda da sua transparência. Medindo a espessura corneana através da paquimetria podemos avaliar subjetivamente sua saúde. Outra situação muito freqüente de emprego deste exame é no planejamento de cirurgias para correção de grau, assim como sua aplicação no diagnóstico e controle dos glaucomas.

Veja mais

Fotocoagulação retiniana com LASER

A primeira utilização do LASER nesta especialidade médica foi a fotocoagulação retiniana, ainda hoje utilizada amplamente em todo o mundo. Nas doenças que afetam a retina, como o Diabetes, podemos utilizar o LASER para queimar certas áreas doentes, beneficiando assim as áreas sadias da retina. Isto é possível porque o LASER utilizado, o LASER de Argônio ou o Duble-YAG LASER tem a propriedade de interagir com o pigmento da retina causando uma pequeníssima queimadura na área tratada. Outra utilização deste LASER é nos descolamentos e degenerações retinianas, sendo possível aumentar a adesão desta estrutura no seu leito. É também utilizado no tratamento de vários tipos de glaucoma.

Veja mais

Cirurgia da Catarata com Ultra-som e Pequena Incisão (Facoemulsificação)

Catarata é a perda da transpraência do Cristalino, a lente natural do olho humano, que causa perda da visão. Ela pode ocorrer em diversas situações: doenças oculares, degeneração (natural, congênita ou trumática) ou pelo uso de drogas e medicamentos indevidos. A técnica cirúrgica mais avançada é a Facoemulsificação, que acontece em duas etapas: 1 - A remoção do cristalino opacificado (por uma sonda de ultrassom ou de um laser femtosegundo)  e 2 - O implante de uma lente intra-ocular. As lentes intraoculares implantadas no momento mais avançadas recnologicamente são as lentes "Premium" americanas e européias (asféricas multifocais, tóricas e multifocais tóricas).

Veja mais

Lentes de contato

Quando se trata de corrigir a visão, as lentes de contato dão maior liberdade de movimento e conforto, além de proporcionar um maior campo de visão. As lentes de contato se movimentam com seus olhos proporcionando um amplo campo da visão focalizada, para onde quer que você olhe. Elas ajudam a controlar a ação com uma visão nítida, direta e periférica. Quase todas as pessoas podem usar lentes de contato, qualquer que seja a idade ou estilo de vida, dependendo sempre da indicação do oftalmologista. Ele pode ajudá-lo a decidir que tipo de lentes de contato melhor se adequa às necessidades de sua visão. Elas podem ser gelatinosas ou rígidas, descartáveis, anuais, diárias ou permanentes.

Veja mais

Oftalmologistas

Dr.
Drausio Machado

Há mais de 40 anos cuidando da saúde dos olhos de seus pacientes, o Doutor Drausio Machado é apaixonado pelo que faz. Fundou a Visioclínica em 1975 e desde então se fez notar pelo pioneirismo na área oftalmológica - em 1978, Dr. Drausio realizou o primeiro transplante de córnea do nordeste gaúcho. É formado pela Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais, possui curso de especialização em Oftalmologia Clínica e Cirúrgica  no Instituto Penido Burnier de Campinas, São Paulo, e também possui título de Especialista em Oftalmologia pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia.

Dra.
Clarisse Machado

Para Dr. Clarisse filha do Dr. Drausio Machado, foi natural seguir os passos do pai na carreira médica. Crescendo ao lado de uma referência da saúde oftalmológica, Dra. Clarisse escolheu trabalhar junto ao pai, cuidando da visão de seus pacientes. Ela é formada pela Universidade de Medicina da Universidade de Caxias do Sul (UCS), RS, possui curso de Especialização em Oftalmologia Clínica e Cirúrgica no Instituto Penido Burnier de Campinas, São Paulo, título de Especialista em Oftalmologia pelo Conselho Brasileiro de Oftalmologia e também é especialista em Lentes de Contato (Contatologia), Estéticas e Funcionais.

A Clínica

Nossa
Estrutura

Estrutura organizacional

Co-fundada pelo Doutor Drausio Machado em 1976, a Visioclínica é uma instituição de renome no campo da medicina dos olhos. Atuamos em todos os campos da especialidade oftalmológica, realizando consultas, adaptação de lentes de contato, exames complementares e cirurgias. Possuímos sede própria no centro de Caxias do Sul, onde os doutores Drausio Machado e Clarisse Machado utilizam seu conhecimento e equipamentos de última geração para tratar e cuidar de seus pacientes da melhor forma possível. A Visioclínica atende de Segunda a Sexta das 07:30 às 18:00 horas.

Contato

Fale
Conosco

Localização